segunda-feira, 14 de março de 2011

Estranha Natureza * Dionaea muscipula

Acho sempre muito bom aprender alguma coisinha nova, portanto vou tentar fazer essa tag aparecer mais por aqui no blog, afinal isso aqui também é cultura!


A dioneia (Dionaea muscipula) é uma planta carnívora que pega e digere presa animal (normalmente insetos e aracnídeos). A estrutura de captura é formada por dois lóbulos unidos pela base e presos na ponta de cada uma das folhas. A planta também é conhecida como Vênus papa-moscas, em alusão à deusa grega do amor e da fertilidade (inclusive vegetal).





A Dionéia é encontrada em pântanos pobres em nitrogênio no sudeste dos Estados Unidos, principalmente no raio de 160 quilômetros de Wilmington, Carolina do Norte. A coleta de plantas in natura é fortemente restringida por leis estaduais e federais, devido a pequena extensão do seu habitat. O solo pobre em nutrientes é a razão pela qual a planta evoluiu para ter armadilhas tão elaboradas: os insetos fornecem o nitrogênio usado para formar proteínas, papel que o solo onde a planta cresce não cumpre como deveria.




As Dionéias são plantas populares, apesar da sua reputação de ser 'difícil'. Muito dessa reputação se deve ao tratamento incorreto dado as plantas pelos vendedores (ou a manipulação por vários curiosos, que frequentemente ativam as armadilhas), o que resulta em uma planta doente já na ocasião da compra.
Embora um terrário seja o ambiente ideal para cultivo, as Dionéias podem ser criadas em uma jardineira, contanto que alguns requisitos sejam atendidos.
O solo ideal é uma mistura de areia e esfagno, ou musgo esfagno apenas. O pH do solo deve estar entre 4.0 a 4.5.
Elas crescem com ao menos algumas horas de luz solar direta diariamente. Entretanto, sol forte combinado com baixa umidade pode matar mudas recém-cultivadas. Luz insuficiente pode levar a folhas compridas e moles, sem a coloração vermelha no interior das armadilhas.
As Dionéias não devem ser regadas com água de torneira; os sais acumulados são fatais para a maioria das plantas carnívoras - Dionéia inclusive. Água destilada, água pura da chuva ou água artificialmente tratada com ácido sulfúrico deve ser usada em seu lugar. O solo deve ser mantido úmido (e a umidade alta) constantemente, pondo o vaso em um vaso com água. Não há perigo de afogar a planta, sabe-se inclusive que as Dionéias inclusive sobrevivem várias semanas sob a água.
Alguns horticultores tentam administrar pequenas quantidades de fertilizante às Dionéias, na folhagem - geralmente fertilizante para orquídeas, usando um cotonete para aplicar soluções diluídas. Principiantes, entretanto, e aqueles sem plantas "descartáveis", devem preferencialmente evitar fertilizantes em favor de insetos vivos.
 Esta é uma boa planta para se ter em casa, embora requira cuidados especiais.
Cultivadores em potencial devem resistir a tentação de ativar as armadilhas manualmente, seja cutucando ou as alimentando com coisas como carne, por exemplo, que fará com que a armadilha apodreça devido ao alto conteúdo de gordura. As Dionéias são capazes de caçar seu próprio alimento, não é necessário alimentá-las manualmente. A planta não precisa de insetos para se desenvolver, e pode sobreviver sem eles, se necessário. Se, por alguma razão, o dono quiser alimentar a planta manualmente, um inseto de cerca de 1/3 do tamanho da armadilha será suficiente. Algas crescendo perto da planta indicam alimentação em excesso.
Dionéias saudáveis produzirão um talo com flores na primavera. Entretanto, é aconselhável retirá-los antes de florecer, pois isto consome grande parte das forças da planta, e reduz a taxa de crescimento de novas folhas.
No inverno, as Dionéias entram em dormência, o que pode tornar seu cultivo problemático em áreas tropicais. Nesta época do ano as folhas ficam mais fracas, o crescimento diminui, e as folhas podem chegar a ficar pretas e secar. O vaso deve então ser mantido em lugar fresco e apenas úmido. É possível também colocar o vaso em um saco plástico e deixá-lo na geladeira , começando no período de outono. Se tudo for feito corretamente, a planta começará a crescer novamente na primavera, com folhas cada vez maiores e mais fortes.
As plantas podem ser propagadas por sementes, embora a maturação das mudas assim obtidas possa levar anos. É mais prático propagá-las por divisão da roseta ou folhas (que devem ser retiradas com a parte branca do caule) durante a primavera.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dioneia


Um comentário:

  1. muito interessante isso!
    Adoro seu blog!
    Tem tudo que eu gosto

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! Eu adoro quando vocês escrevem aqui♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...